(11) (11)




Decorador de Interiores

Gostou? compartilhe!


Fonte: Ideal Interiores

Ao ler o artigo abaixo você certamente obterá informações muito valiosas, todas relacionadas a decoração de interiores e sobre como um designer de interior pode te ajudar, além disso, também saberá o que exigir e como encontrar um profissional de qualidade e capacitado no mercado de decorações, tanto em espaços residenciais como em ambientes corporativos.

O texto irá abordar pontos como:

  • O QUE É DESIGN DE INTERIOR;
  • O QUE FAZ UM DECORADOR DE INTERIORES;
  • DICAS TÉCNICAS PARA PEQUENAS DECORAÇÕES;
  • A PROJETO IDEAL.

O QUE É DESIGN DE INTERIOR?

O design de interiores é uma forma de utilizar a cenografia e os aspectos visuais para compor e decorar o interior de locais como salas comerciais, de reunião, recepções, cozinhas, quartos e salas de estar.

Essa técnica se baseia na arte de criar projetos para preencher e organizar espaços, optando por novos e/ou adequando com novos elementos em um ambiente, sempre se atendo ao lado estético e funcional do local e levando em consideração a personalidade das pessoas que frequentam ou habitam ali.

Para conseguir o resultado esperado e obter uma satisfação plena, é fundamental contar com um profissional da área: O designer de interiores ou decorador de interiores. Ele é capaz de  harmonizar todo um determinado espaço, otimizando a performance, uso e elegância de móveis, objetos e outros acessórios, como tapeçaria, buscando unir comodidade, praticidade e beleza.

Está dentro das funções desse profissional buscar a alternativa mais inteligente para planejar quais serão as cores, os materiais, e principalmente os acabamentos do local, também é fundamental pensar e analisar toda a iluminação, para valorizar os pontos fortes e reduzir os pontos fracos do local, fazendo uso de itens que transmitam a ideia que o cliente quer passar e indo de acordo com às necessidades, gosto e à disponibilidade financeira do cliente.

Um decorador de interiores administra todo o projeto de decoração da parte interior. Ele estabelece os cronogramas de atividades, fixa prazos, realiza cotações e define os orçamentos, além de coordenar todo o trabalho de marcenaria e pintura, e claro, elétrica.

O designer de interiores pode criar projetos para salas comerciais, residências ou espaços em lugares públicos, ele também pode trabalhar como autônomo ou como funcionário de empresas peritas em decoração e designer de interiores.

“O decorador de interior faz todo o projeto de um ambiente buscando otimizar o local, como por exemplo numa cozinha, ele garante que as funcionalidades de todas as peças sejam otimizadas.”

Fonte: Guia do estudante

O QUE FAZ UM DECORADOR DE INTERIORES

O trabalho de um designer de interior ou decorador de interiores é muito subestimado, principalmente porque o público não entende a complexidade que envolve as atividades que esse profissional realiza. Decorador ou Designer qual a diferença e qual a nomenclatura correta?

Ambos os termos estão certos, apesar do termo "designer" ser novo, já que antes, esses profissionais eram chamados de "decoradores". Usar as palavras "decorador" ou "profissional de decoração" não são incorretas, mas esses termos limitam e não representam completamente todas as funções relacionadas a essa profissão, já que a decoração é apenas um dos braços dessa área.

O designer de interiores é o perito que irá ser responsável e cuidar dos espaços internos, desde a otimização dos recursos naturais como sonoridade e iluminação e dos itens dispostos no local, como espaço e objetos, isso pode ser feito tanto em residências como em empresas. O trabalho em geral é separado em duas etapas: Planejamento/Projeto e Execução/Acompanhamento.

Projeto/Planejamento

A parte do projeto engloba todas as ideias e pensa em soluções assertivas para atender e corresponder com as necessidades particulares de cada cliente, e é nessa hora onde são elaboradas e desenvolvidas plantas, esquemas, maquetes e em alguns projetos os 3Ds.

"O projeto na área da decoração de interiores serve como um mapa, ele mostra onde você quer chegar e te dá os meios para se chegar lá.”

Fonte: Marília Veiga - Especialista em decoração de interiores em São Paulo.

O esquema de cores, estratégias para utilizar melhor o espaço disponível, os focos de luz, pontos fortes e fracos do ambiente, materiais que certamente irão apresentar um resultado melhor.

Alinhando as expectativas e desejos dos clientes com o resultado final mais real. Planejar abre espaço para que o profissional possa aplicar toda a sua criatividade e buscar as melhores alternativas para apresentar ao cliente.

Acompanhamento/Execução

O acompanhamento é quando o projeto passa a se tornar real, ele é colocado em prática pelos técnicos enquanto ocorre o acompanhamento do designer, que coordena e checa para que tudo saia como foi planejado.Essa etapa engloba a pesquisa e escolha dos materiais que serão utilizados, tanto quanto os fornecedores, amostras, além de visitas a lojas de mobílias.

É essencial que o cliente tenha uma noção do que quer transmitir, para que o decorador de interior possa executar o seu trabalho de forma mais efetiva. Para tornar tanto o planejamento quanto a execução mais assertiva, é de extrema importância um briefing completo.

Briefing

O briefing é quando é especificado aproximadamente (às vezes exatamente) qual o desejo do cliente, suas expectativas e suas ideias, cabe ao designer entender e guardar essas informações de maneira que possa utilizá-las na elaboração do projeto.

E quando o cliente não sabe o que quer? Nessa hora cabe ao decorador de interiores tentar compreender quais são os detalhes e partes mais importantes para o cliente, tanto quanto captar as ideias e identificar o que ele quer transmitir, captar seus gostos e preferências e tentar adequá-las ao projeto de maneira que fique ideal para a utilização.

Veja um vídeo sobre decorador de interiores:

As demais tarefas do designer de interiores

Incluídas nas tarefas de captar o briefing, idealizar o projeto e executar e acompanhar a obra, o decorador de interiores também precisa separar em fases todas as ações que serão realizadas. A soma das tarefas e dos elementos usados, com o serviço de coordenação, além de claro, um bom preparo, estudo e projeto é que vão dar o resultado que o cliente espera.

É responsabilidade do decorador levar em consideração coisas que vão além do lado visual e estético, mas pensar em estratégias que resultarão em mais funcionalidades, praticidade e a sensação de conforto que é providencial para superar expectativas.

Portanto, para conseguir esse feito, é necessário que o perito faça um estudo de todo o ambiente. Analisar o layout dos móveis, como o estilo, tamanhos e proporções e até mesmo as posições, o tamanho e comprimento das paredes, a infraestrutura, cabeamento (como fios, tomadas, luzes) e encanamento. O profissional também deve pensar na capacidade das paredes e sua importância na atual estrutura do local.

O designer de interiores também deve considerar qual o tipo de forro é utilizado, tanto quanto os pisos e revestimentos inseridos em cada região. Ele também precisa acompanhar o pedido e compra de todos os itens, visitar o marceneiro em caso de peças planejadas e/ou customizadas. Pensar nas tonalidades diferentes de cada cor e na sua composição dentro do ambiente.

Analisar e pensar na altura e largura de portas e janelas para tentar captar o máximo possível de luz natural. Cada um desses processos exige técnicas que são aprendidas durante o curso e após tempos de experiência na área. Esses são alguns entre outros muitos detalhes que não são considerados por não-profissionais.

Fonte: Ideal Interiores

DICAS TÉCNICAS PARA PEQUENAS DECORAÇÕES

É evidente que os serviços realizados por um profissional da área são diferenciados, porém existem pequenos trabalhos onde é possível que pessoas leigas no assunto podem fazer. Por isso, abaixo você vai ver algumas dicas colhidas de decoradores experientes e renomados para otimizar espaços, decorar pequenos ambientes, utilizar melhor seus móveis e combinar cores.

Uma dica universal é manter todos os ambientes o mais organizado possível, isso por si só, já irá gerar mais conforto e uma sensação de bem-estar maior aos ocupantes de um local.

BANHEIROS

O banheiro é o cômodo da casa que é menos pensado na hora de decorar, por outro lado, é um dos que podem ficar mais bonitos e elegantes, além de gerar mais bem estar e conforto.

Deixe a pia o mais limpa possível

Separar o que não é usado a todo momento, como escovas, cremes e maquiagens, e guardar esses itens em locais não visíveis, são o primeiro passo para aliviar um pouco o peso do ambiente. O ideal é que em cima da pia fique somente o sabonete e algum objeto decorativo.

Quadros são legais

Utilizar quadros na decoração do banheiro torna o ambiente mais confortável, ter opções visuais e até mesmo se sentir num ambiente mais completo, faz bem direto no subconsciente do ser humano. Evite quadros muito chamativos, o quanto mais natural, melhor ficará.

Cores são importantes!

Utilizar cores que combinem entre si, vão gerar uma harmonia ao local. Nada de toalhas vermelhas, armário branco, piso bege e porcelanas pretas. Tentar encontrar o máximo de similaridade possível, é parte providencial para uma boa decoração. Cores quentes ficam muito bem em banheiros, ousar na criatividade é uma sugestão para esse cômodo, mas caso prefira algo mais sereno, azul e branco são recomendados também.

2-banheiro-moderno-armario-vermelho

Fonte: Limão na água

COZINHAS

Reunir toda a família na cozinha, fazer uma refeição todos juntos é um valor que foi se perdendo nos dias atuais de tanta correria. Tornar o ambiente onde são feitas as refeições mais agradável e harmônico, ornando a decoração à utensílios que tornam o ambiente mais interativo.

Use cortinas

O uso de cortinas e persianas na cozinha, além de dar mais glamour ao local, colaboram para evitar que a umidade se espalhe, além de permitir um controle sobre a luminosidade. Tenha em mente que materiais diferentes exercem resultados diferentes, então é preciso considerar todos esses pontos.

Pisos e azulejos

Cozinhas com pisos de madeira ou bicolores, dão ao ambiente uma sensação de harmonia e retiram toda a complexidade da mente humana, é possível relaxar e aproveitar melhor o espaço ao usar cores mais claras nas regiões mais distantes do fogão e geladeira, e poder usar outras cores onde ficam esses itens que podem sujar.

SALAS DE ESTAR E QUARTOS

Esse é o espaço onde as pessoas mais costumam ficar no dia-a-dia, ver tv, receber amigos ou conversar, tanto quanto ler e relaxar antes de dormir. Ficar nesses espaços são comuns aos seres humanos, que precisam se sentir a vontade neles para poderem ter uma boa noite de sono e preservar o bom humor.

Use quadros e fotos!

Pensar em coisas tranquilas fica mais natural em um ambiente harmonizado por quadros e fotografias.

Almofadas personalizadas

Usar almofadas coloridas, personalizadas e que confortáveis, vão proporcionar ao local um outro ar, mais agradável e visualmente harmônico. Assim como usar plantas na decoração causa um efeito relaxante.

Luminárias, sim!

Tanto para cozinha, como quarto e até mesmo para as salas de estar, usar luminárias, lustres e objetos de luz fazem toda a diferença. Mesmo que imperceptível, elas são um dos principais fatores que causam a sensação de harmonia ao local, a luz (e a falta dela) afeta diretamente um ponto psicológico no cérebro humano, que o afeta de diferentes formas.

COMO COMBINAR AS CORES

Existe uma dica universal na decoração quando o assunto são as cores. Se você quer saber quando usar cores quentes, cores frias, branco ou ousar na criatividade, veja abaixo algumas dicas!

Cores vivas/quentes

Use essas cores em pequenos móveis e acessórios para dar uma quebra no ar sério dos ambientes mais escuros ou com cores mais neutras.

Não exagere, pois muitos ambientes de cores diferentes ou muito vivas causam uma sobrecarga e afetam toda a harmonia do ambiente.

Branco

Usar o branco é uma alternativa recomendada para paredes e móveis maiores, desde que sejam acompanhadas por outras cores. Deixar para a maior parede do cômodo uma cor diferente e nas demais branco, pode ser uma boa saída.

Cores frias/pastéis

Use essas cores combinando-as com tons de cor mais escuros e vivos, mas tenha moderação, caso contrário, isso destoará todo o ambiente.

Cores que são tendências:

Usar laranja, azul, amarelo, rosa-claro e verde são sempre uma ótima opção. Muito cuidado ao usar essas cores no mesmo cômodo, o ideal é usar no máximo duas dessas cores no mesmo ambiente.

A PROJETO IDEAL

A Projeto Ideal Interiores é uma empresa altamente qualificada no ramo de decoração e design de ambientes, tanto corporativos quanto residenciais. Repleta de técnicos qualificados e profissionais renomados, a empresa visa proporcionar ao cliente o melhor atendimento e resultado possível.

Atrelando preços acessíveis com itens de qualidade, certamente a empresa é apta para realizar o serviço com o melhor custo benefício do mercado.

A Projeto Ideal realiza projetos personalizados e projetados junto com os clientes para garantir o melhor resultado e a plena satisfação do cliente, harmonizando espaços, gerando mais valor a objetos e pensando em soluções inteligentes para potencializar a performance de todo o ambiente. A empresa é especialista em realizar:

E conta com o suporte dos mais capacitados decoradores e designers do mercado.

Por isso, Entre já em contato para conhecer e contar com a empresa de decoração de interiores mais qualificada do mercado.

Confira fotos de projetos já realizados pela empresa clicando aqui.

Para saber mais sobre Decorador de Interiores

Ligue para ou para ou faça uma cotação


Produtos relacionados


Regiões de Atendimento


  • Verifique as regiões que atendemos
  • Aeroporto
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajau
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardim Ângela
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembu
  • Perdizes
  • Perus
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • Sumaré
  • São Domingos
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sônia
  • Água Branca
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jardim São Paulo
  • Jaçanã
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Zona Norte
  • Diadema
  • Santo André
  • São Bernardo do Campo
  • São Caetano do Sul

Faça sua cotação

Informações Pessoais

Informações de contato ou cotação